SONHOS DE ONTEM SE ESPALHANDO NO PRESENTE

quarta-feira, 31 de março de 2010

Post inaugural


Desde que me recordo estar nesse mundo, estava a mexer nas gavetas de costura de mamãe. A pretexto de arrumá-las, abria e dobrava os cortes de tecido. Despejava a caixinha dos botões e separava-os por tamanho, cor, forma, ou qualquer outro critério de classificação que pudesse eternizar aquele prazer de ver e tocar.
Encantava-me o enxoval que ela trouxera , todo bordado: ponto cheio, ponto atrás, rococó. Pode existir coisa mais instigante que ponto rococó? E as camisolas de batismo usadas pelos irmãos mais velhos que ficavam no fundo do baú. O cheiro de tecido há muito guardado, as rendas amarelecidas pelo tempo. Devo ter nascido já antiga, mesmo quando criança eu já era de antigamente.


3 comentários:

Cinária Mendes disse...

Parabens Tania!O blog ficou lindo!Felicidades e sucesso!Temos o mesmo gosto pelo antigo.Jesus te abençoe!Beijos

calma que estou com pressa disse...

OI TÂNIA AMIGA- ESTE TEXTO DIZ TUDO SOBRE TEUS SONHOS! SOBRE COMO VOCÊ É! A NOSTALGIA DE VER O ANTIAMENTE - AS COISAS BELAS QUE NOSSAS MÃES FAZIAM, ESPERO QUE NÓS TAMBÉM POSSAMOS DEIXAR NOSSO LEGADO DE CARINHO!
BJS

Carol Fernandes disse...

PARABÉNS!!!!! Que coisa mais delicada!!! Como vc, amiga, também gosto das coisas antigas, são belas e havia muito mais romantismo né mesmo? É muito importante mantermos essas coisas nas nossas vidas. Sabe, gosto tanto de coisas assim que minha filha também está herdando esse gosto. Ela se mudou recentemente e dei uns tapetes de croche para ela colocar no quarto e um jogo de tapetes para o banheiro. Ela adorou!
Vc está judiando de mim com tanto avental lindo!!!
Sou que nem a amiga Eliana, adoro avental...rsrsrsrs...vou vender bastante chocolate e encomendar mais, viu?
Beijos no coração!!!